Piso para área Externa → Qual o melhor modelo para sua área externa

Um bom piso para área externa é uma escolha séria e que devemos fazer com cautela.

Existem, hoje, no mercado muitas marcas e modelos e é fácil se perder em meio a tantas opções de piso para área externa.

O que temos que ter em mente é que uma escolha adequada deverá levar em conta alguns requisitos básico, como: funcionalidade, beleza, aderência, grau anti derrapante, resistência e temperatura.




Vamos falar dos principais modelos de pisos voltados a área externa e temos certeza que você encontrará as respostas que procurava aqui.

Piso para área Externa → Uma escolha certa evita muitos problemas

Escolher o piso para área externa certo é de suma importância ao acabamento da obra.

A primeira coisa a se pensar é a proposta do projeto.

Seguir as linhas de decoração com um todo dará fluidez ao ambiente.

O piso para área externa tem funções específicas e que são adequadas aos públicos residentes.




Como crianças ou idosos, por exemplo. Isso exigiria um piso para área externa muito mais antiderrapante.

Outro exemplo é o peso, pois se o ambiente for a garagem o piso para área externa deve ser resistente ao peso.

Portanto fique atento e escolha o piso para área externa com calma e de forma correta.

Piso para área Externa
Piso para área Externa

Vamos conhecer os mais variados modelos de piso para área externa, pois de posse das informações poderemos fazer a melhor escolha ao nosso projeto.

Piso para área Externa
Tipos de Piso para área Externa

Piso de Cerâmica

Entre os modelos de piso para área externa a cerâmica está entre os mais conhecidos e usado no Brasil.




Encontrados em muitos tamanhos que vão desde 20×30 a 100×100. Várias texturas, qualidade e valores.

É um piso para área externa e internas.

♦ Estética: Quando o assunto é estética, as cores e tamanhos da cerâmica chamam atenção com opções para todos os gostos;

Tem um acabamento mais fosco e muito menos lisos, quando comparados a outros modelos de piso para área externa.

♦ Versatilidade: Quando falamos nesse quesito, vale ressaltar que a cerâmica não é tão versátil quanto o porcelanato, por exemplo. Seu universo é mais reduzido;

♦ Matéria-prima: Com 70% de argila e é menos recomendado à áreas molhadas, pois não é muito impermeável;

♦ Assentamento: Esse é um quesito que poderíamos repetir nos 18 modelos de pisos escolhidos, pois sem um bom assentamento de nada vale a escolha ou a qualidade do piso;

♦ Resistência: A queima no processo da cerâmica gira em torno de 850º. o que torna a cerâmica menos resistente a abrasão quando comparado a outro modelo de piso para área externa.

Entendemos então que o piso para área externa de cerâmica não é recomendado a áreas molhadas, portanto não ficaria bom em torno da piscina, e por não ser muito resistente ao peso, desaconselhamos o seu uso em garagens ou local onde os carros circulam.

Agora já começamos a entender muito melhor como escolher o piso para área externa.

Piso para área Externa
Piso para área Externa




Piso de Cerâmica
piso para área externa – Piso de Cerâmica – Um modelo que agrada a muitos
Piso de Cerâmica
piso para área externa – Piso de Cerâmica – Um das melhores opções à áreas externas
Piso de Cerâmica
piso para área externa – Piso de Cerâmica – O uso de cores alternadas da charme ao ambiente




Piso de Cerâmica
Piso de Cerâmica – Uma escolha que não tem erro

Piso de Madeira

Um piso de madeira ganha muito quando o assunto é o desempenho térmico, é um material absorvente quando o assunto é som, minimizando os ecos produzidos por eventuais batidas.




Com veios naturais o seu uso nos remete a um estilo mais rústico pode ser um dos melhors modelos de piso para área externa.

Vamos entender melhor esse tipo de piso?

♦ Troca do piso: Faça a raspagem e o desengrosso, usando lixas mais finas para dar polimento;

♦ Desengrosso: A primeira etapa para a raspagem é fazer o desengrosso, ele retira a resina e nivela o piso;

►► Hoje usamos uma massa acrílica da cor do assoalho, que seca mais rápido e dá maior durabilidade ao piso;

►► O poliuretano é uma resina a base de água, que seca em 8 horas, e tem um tempo de curagem que vai de 24h até 7 dias;

►► É um tipo de resina flexível e resistente a movimentação da peça, e da umidade do ar.

♦ Impermeabilização: Essa deve ser muito bem executada afim de garantir a durabilidade da peça;

►► Como os pisos sofrem com o impacto e a umidade, é altamente recomendado que se faça um boa impermeabilização;

♦ Instalação: A instalação do assoalho ou tacos precisam ser feitas a pelo menos 5cm da parede ou rodapé, pois ao inchar, se não houver espaço, as peças vão “encanoar”;




►► Um tendência é a instalação do rodapé embutido, todavia isso, apesar de bonito, é ruim pois não deixa espaço para madeira expandir.

Fique por dentro dos principais pisos de madeira e saiba como escolher o ideal ao seu projeto.

Um bom piso para área externa determinará a qualidade que tal área pode ter

Por ser um material versátil, a madeira pode ser inclusa em qualquer tipo de decoração.

Piso de madeira laminado – Encontrado em diversos tons, que vão do marrom escuro ao cinza. São brilhantes e por essa razão não necessita de ceras ou verniz após sua instalação.

Atente-se a pisos com preço muito baixo, pois tendem a não ter uma boa resistência.

Com um bom contrapiso bem nivelado, sua instalação dura em média três dias, pois as peças vão sendo encaixadas umas nas outras.

Piso de madeira de demolição – Feito de madeiras nobre e com muita qualidade, esse tipo de piso é obtido de reaproveitamento. As peças, mesmo após muitos anos de uso, são restauradas.

De aparência rústica deixa o ambiente mais aconchegante. Normalmente as madeiras usadas são a canela-preta e a peroba rosa.

Como esse modelo de piso pode ocupar até 5cm, sua colocação em apartamentos não é recomendada.

Não esqueça de observar bem as cores das peças, haja vista que serão colocadas lado a lado.

Piso de madeira maciça – Considerado o melhor tipo de piso, pois são mais espessos, feito com madeiras nobres de muita qualidade e são altamente duráveis.

Feitos de Ipê, Jatobá, Carvalho, Peroba, dentre outros, os pisos de madeira maciça devem ser envernizados para sua melhor conservação.

♦ Preço: Os preços variam entre R$50,00 e R$250,00 o metro quadrado.

Temos ainda os carpetes de madeira que são uma versão mais barata e industrializada do piso de madeira. Ressaltamos que sua resistência não é muito boa.

O piso para área externa que imitam madeira tem uma sensação térmica bem diferente dos de verdade.




Existem modelos que se aproximam muito nesse quesito. como o vinílico, por exemplo.

Portanto é um modelo de piso para área externa que pode ser usado em áreas molhadas que não tenham crianças e idoso, pois a questão aderência não é a melhor opção.

Piso para área Externa
Piso para área Externa – A escolha mais charmosa
Piso de Madeira
Piso de Madeira
Piso de Madeira
Piso de Madeira – Um ambiente lindo e charmoso
Piso de Madeira
piso para área externa – Piso de Madeira – Olha que escolha boa

Decks de Madeira

É muito usado em volta da piscina, bem como nas áreas externas. Um escolha que tem beleza e charme.




Por ser de madeira dá uma sensação de naturalidade e conforto térmico.

Se você pretende fazer um deck de madeira, escolha um madeira de excelente qualidade. pois nesse caso o barato saí muito caro.

Temos dois tipos básicos de deck: O Modular e o tradicional.

No deck de madeira modular temos uma estrutura de borracha com encaixe que já vem pré moldada com painéis e réguas de madeira.

Pode também ter uma estrutura de mini deck, em ambos os casos, a instalação fica muito facilitada. Podendo, inclusive, dispensar um profissional para a instalação, o que nos economiza muitos reais.

Já no deck tradicional temos peças únicas formado por réguas de madeira separadas. Dá muito mais trabalho ao instalar e recomendamos que seja feita por um profissional.

Use madeiras de qualidade como: Ipê, Jatobá e Itaúba, que , sem dúvidas, são as mais recomendadas.

Deck de madeira
piso para área externa – Deck de madeira – Tenha um local incrível na sua residência
Decks de Madeira
piso para área externa – Decks de Madeira – De fato um local que fica lindo




Decks de Madeira
piso para área externa – Decks de Madeira – Olha esse projeto!!!
Decks de Madeira
piso para área externa – Decks de Madeira

Piso Intertravado

É um modelo de piso para área externa ecológico e de baixo custo, oferece praticidade e economia a quem opta por eles.




Pisos intertravados são pré-moldados de concreto e vem em diversas cores. Como uma peça trava na outra, acabam recebendo esse nome.

Cria um área segura e antiderrapante e é um ótima opção nas áreas externas.

As peças, normalmente, são permeáveis, e por isso mantém o solo umedecido. As peças claras possuem uma refração solar em torno de 30% e contribuem para economia de energia.

Por serem peças que encaixam, tanto sua colocação, como sua retirada são coisas relativamente fáceis de se fazer.

Piso para área Externa
Piso para área Externa
Piso Intertravado
piso para área externa – Piso Intertravado
Piso Intertravado
piso para área externa – Piso Intertravado
Piso Intertravado
piso para área externa – Piso Intertravado

Piso Antiderrapante

Esse tipo de piso é ideal a áreas molhadas externas, não é um modelo de piso em si, haja vista que existem vários modelos de pisos antiderrapantes.




Quando falamos em segurança, principalmente em áreas externas, um piso antiderrapante é, sem dúvidas, a melhor escolha.

Quando temos um piso escorregadio, ainda que sua estética fique deslumbrante, haverá, sem dúvidas, dores de cabeça com os prováveis acidentes que acontecerão.

Verifique sempre o nível de resistência do piso, bem como, sua durabilidade, aspereza e sobretudo, quando em áreas externas, o quanto antiderrapante ele é.

Piso para área Externa
piso para área externa – Piso para área Externa
Piso Antiderrapante
piso para área externa – Piso Antiderrapante
Piso Antiderrapante
piso para área externa – Piso Antiderrapante




Piso Antiderrapante
piso para área externa – Piso Antiderrapante

Piso de Cimento

O piso de cimento é um opção, pois é mais barato e muito antiderrapante, no entanto é preciso tomar cuidado com quedas, haja vista que ele machuca bem mais em relação a outros modelos menos ásperos.

Leia nosso artigo sobre o piso de cimento queimado e fique por dentro de tudo sobre essa tendência.

Piso para área Externa
Piso para área Externa
Piso de Cimento
piso para área externa – Piso de Cimento
Piso de Cimento
piso para área externa – Piso de Cimento




Piso de Cimento
piso para área externa – Piso de Cimento

Piso de Pedra Portuguesa

Com uma origem portuguesa, esse tipo pedra é um revestimento que foi trazido ao Brasil. Ganhou fama fazendo parte do paisagismo no Rio de Janeiro.

O mestre calceteiro é o profissional responsável pelo assentamento desse tipo de pedra em Portugal.

São modelos de piso para área externa de formato irregulares com formação básica de calcário e basalto.

Por sua resistência e nível de aspereza é um ótima escolha a áreas externas.

Piso de Pedra Portuguesa
Piso de Pedra Portuguesa
Piso de Pedra Portuguesa
Piso de Pedra Portuguesa
Piso de Pedra Portuguesa
Piso de Pedra Portuguesa

Piso de Mármore

O piso de mármore é, sem dúvida, um dos mais procurados quando o assunto é fazer o acabamento da sua obra.




Os pisos de mármore são revestimentos caros, contudo versam de muita elegância. A instalação precisa ser muito bem feita para que a finalização fique bonita e harmoniosa.

Você sabia que já existem no mercado, além das cores tradicionais, muitas outras cores?

Afinal quanto o assunto é vantagens e desvantagens do piso de mármore, ressalta-se que vale muito a pena saber bem antes de tomar a decisão de utilizá-los ou não na sua decoração.

Vantagens:

○○ Polimento – Ele permite um alto nível de polimento, dando assim uma superfície lisa, suave e brilhante. Outra característica é que através do polimento ressalta-se as cores da peça;

○○ Cores – Hoje existem no mercado, inúmeras cores de mármore, materiais também em várias cores. Acrescentando dessa forma muita variedade de escolha. Como cada peça tem um desenho único, você poderá ter um piso de mármore único;

○○ Iluminação: O mármore tende a permitir a entrada da luz, o que faz com que a superfície se torne mais clara. Isso faz com que a peça se torne mais bonita;

○○ Naturalidade: Por ser natural o mármore é biodegradável e portanto não causa danos ao meio ambiente.

Desvantagens:

◙◙ Limpeza: A limpeza precisa ser feita de forma periódica, inclusive, se algo for derramado, sugere-se que seja limpo imediatamente afim de não deixar marcas e/ou manchas;




◙◙ Escorregadio: Quanto mais polido mais liso, é um piso contraindicado onde moram idoso com pouca mobilidade.

Por essa característica quando algo se derrama, como água, por exemplo, o piso fica muito liso e pode ocasionar acidentes.

O uso de uma esteira de borracha próximo a áreas molhadas pode resolver a questão;

◙◙ Manchas: Por ter uma composição alcalina, o mármore pode manchar facilmente quando alguma substância química é derramado nele.

Ressalta-se a necessidade de limpar imediatamente, de preferência com sabão neutro, qualquer substância que se derrame no piso;

◙◙ Risca mais fácil: Como é um tipo de piso que risca de forma mais fácil, é preciso tomar cuidado ao muda móveis de lugares. Um ideia, é colocar borrachas em baixo do pé da mesa e principalmente das cadeiras, afim de evitar os riscados;

◙◙ Manutenção: Lembramos que é altamente recomendado que se use um produto de vedação e impermeabilidade, com o intuito de proteger a peça dos materiais ácidos. Outra função é manter a aparência do mármore.

Se possível, utilize o produto a cada 6 meses, e no máximo em 12 meses.

Por ser um modelo pouco antiderrapante, não aconselhamos em áreas externas onde hajam tráfego de pessoas, principalmente idosos e crianças.

Lembre-se: Como já falamos, quanto mais polido, mais liso.

Confira nosso artigo completo sobre piso de mármore e fique por dentro de tudo sobre essa escolha.

Piso para área Externa
Piso para área Externa
Piso de Mármore
Piso de Mármore
Piso de Mármore
Piso de Mármore




Piso de Mármore
Piso de Mármore

Piso de Pedra

Usar um piso de pedra é uma escolha que precisa ser tomada com certos cuidados. O homem sempre viveu em pedras e as utilizou na sua sustentabilidade e evolução.




As pedras são peças resistentes as intempéries da natureza.

Muito comum no velho mundo, As pedras são utilizadas em pisos e paredes, calçadas, estruturas antigas. Portanto um piso de pedra, é um escolha mais barata e com características próprias.

As pirâmides do Egito, por exemplo, foram feita em pedras.

Vinda ao Brasil, principalmente com portugueses, as pedras são muito vistas nas arquiteturas das cidades mais antigas.

As pedras mais comumente utilizadas no Brasil são: Mineiras, Goiana, São Tomé e granitos.

São recomendadas à áreas externas, bem como em torno da piscina.

Leia nosso artigo completo sobre piso de pedra e saiba tudo o que precisa saber.

Piso de Pedra
Piso de Pedra
Piso de Pedra
Piso de Pedra




Piso de Pedra
Piso de Pedra
Piso de Pedra
Piso de Pedra

Piso fulget

piso fulget também leva o nome de granito lavado, composto por cimento, aditivos granulados de calcário, mármores, granitos naturais entre outros materiais.

É um piso atérmico e antiderrapante, ótimo para áreas externas. Tem cores variadas, o que aumenta o leque de opções para um layout que pretende usar piso fulget.

É uma das melhores escolhas para áreas públicas, seja municipais, estaduais, federais ou ainda em áreas particulares.

Sua característica antiderrapante faz com que o piso fulget seja a escolha mais sábia, haja vista que em áreas públicas há um lei que exige que o piso seja antiderrapante para evitar acidentes.

Para saber tudo sobre esse piso acesse no artigo sobre o piso fulget?

Piso para área Externa
Piso para área Externa
Piso fulget
Piso fulget
Piso fulget
Piso fulget




Piso fulget
Piso fulget

Piso Ladrilho Hidráulico

Reunindo beleza e versatilidade, o piso hidráulico voltou a ser tendência. Produzido de forma artesanal.e com base de cimento é uma linda de piso para área externa.

Um piso para área externa que remonta aos bizantinos e que estampavam religiosidade.

Usado como elemento decorativo, os pisos hidráulicos aparecem tanto em áreas internas como externas.

Somente contra indicado em áreas de sobrepeso, como uma garagem.

Com um infinidade de estilos, cores, estampas é um dos modelos de piso com maior variedade. Desde peças preto e brancos e florais e geométricas.

Podendo inclusive ser misturas, ele forma várias combinações, formando, inclusive, painéis de patchwork.

O piso para área externa ladrilho hidráulico pode tanto ser usado como um piso inteiro ou como parte decorativa do ambiente.

Vejamos algumas características:

♦ Porosidade: Por ser um modelo de piso muito poroso, ao colocá-lo em áreas externas ou próximo ao fogão, sugerimos o uso de um hidro-fugente especial para ladrilhos, afim de conservar o piso para área externa; Podendo ainda fazer o uso de um verniz poliuretano que faz com que o piso fiquei totalmente impermeável, com cores mais vivas e brilhante;




♦ Limpeza: Com o produto aplicado basta passar um pano úmido e sabão neutro, se tiver com aspecto original, recomenda-se lavá-lo constantemente afim de manter o piso para área externa sempre saudável;

♦ Resistência: Resistente ao desgaste e ao impacto o piso, ainda sim, deve ser revestido com impermeabilizante afim de evitar manchas.

♦ Assentamento: Por ser um piso mais grosso que a cerâmica, por exemplo, é preciso que se leve em consideração na hora de preparar o contrapiso.

♦ Instalação: A contratação de um bom profissional se faz necessário, pois não basta um bom assentamento, é preciso leva em conta o desenho do piso. Recomenda-se que sua inslação seja feita sobre um outro piso, caso não haja, o nivelamento deve ser muito bem feito;

♦ Espessura: Com uma variação para o piso de 1,6cm a 2cm, e para a parede de 1cm (deve ser mais leve afim de que se aplique). o pedreiro que for instalá-lo deve ser experiente.

♦ Tipo de cimento: O mais adequado é o cimento branco estrutural.

♦ Cuidados: Por ser um piso bem poroso, é fundamental que se tome cuidado durante sua colocação, evitando assim manchas e sujeiras indesejadas;

♦ Manutenção: Após 48 horas da aplicação, devemos aplicar uma resina acrílica em três camadas, com um intervalo de 8 horas por camada. Assim evitamos as manchas e impermeabilizamos a peça;

♦ Riscados: É preciso tomar cuidado com peças metálicas, móveis muito pesados, pois ao arrastá-los a peça pode riscar. Podemos restaurá-la com uma máquina adequada recomendada pelo fabricante;

♦ Preço: Os preços variam de R$25,00 o metro quadrado até R$180,00, que vão dos mais simples aos decorados;

♦ Tempo médio para encomenda chegar: Por ter um processo artesanal, piso a piso, leva em torno de 20 a 40 dias para as peças ficarem prontas. Portanto é preciso ter paciência e esperar mais o tempo do frete quando se quer ter esse piso para área externa;

♦ Durabilidade: Os especialista não deixam dúvidas, os pisos hidráulicos são muito duráveis, haja vista que são feitos um a um e por isso são recomendados tanto para áreas internas quanto externas;

♦ Onde usar: O fato é que por sua versatilidade, ele é recomendados em todos os ambientes, seja na sala de estar, cozinhas, banheiros, lavandas, espaços gourmet.

►► Quando usados em áreas com móveis recomendá-se que os móveis tenham cores neutras, sóbrias, haja vista que as cores do ladrilho hidráulico se sobressaem;




►► Um modelo de móvel que combina muito são os piso para área externa de madeira;

►► Sugerimos que uma das paredes acompanhe o ladrilho do piso, pois dessa forma, teremos um sensação de amplitude no espaço;

►► Lembre-se as cores do piso para área externa precisam combinar com os móveis para que não se crie uma desarmonia e um resultado indesejado;

Em suma o ladrilho hidráulico deve ser mais usado com elemento decorativo compondo o piso para área externa juntamente com um outro modelo, afim de não sobrecarregar o ambiente.

Use com cuidado, mas use, fica maravilhoso.

Piso para área Externa
piso para área externa – Piso para área Externa
Piso Ladrilho Hidráulico
piso para área externa – Piso Ladrilho Hidráulico
Piso Ladrilho Hidráulico
piso para área externa – Piso Ladrilho Hidráulico




Piso Ladrilho Hidráulico
piso para área externa – Piso Ladrilho Hidráulico

Piso Pedra São Tomé

Muito usadas em revestimentos externos, as pedras são tomé são resistentes e absorvem bem a água da chuva.

É uma pedra de baixa absorção de calor, antitérmica e por isso deixam o ambiente com maior frescor.

Por sua característica antiderrapante, é uma ótima escolha para área da piscina, por exemplo.

É uma ótima opção a quem gosta de linhas naturais.

Portando é altamente recomendado o uso desse piso para área externa.

Piso para área Externa
piso para área externa – Piso para área Externa




Piso Pedra São Tomé
piso para área externa – Piso Pedra São Tomé
Piso Pedra São Tomé
piso para área externa – Piso Pedra São Tomé
Piso Pedra São Tomé
piso para área externa – Piso Pedra São Tomé

Piso com Lajões

É um tipo de piso para área externa ideal em garagens, jardins passarelas, etc.




Com uma textura rústica esse tipo de piso para área externa pode ser assentado com massa de cimento, se possível, feita com terra vermelha.

É altamente recomendado que um profissional faça o assentamento e é, sem dúvidas, uma escolha acertada em áreas externas.

Piso para área Externa
piso para área externa – Piso para área Externa
Piso com Lajões
piso para área externa – Piso com Lajões
Piso com Lajões
piso para área externa – Piso com Lajões
Piso com Lajões
piso para área externa – Piso com Lajões

Piso Porcelanato

Entre os modelos de piso, o porcelanato é um dos mais queridos.




Temos vários artigos específicos sobre vários modelos de porcelanato.

E é um piso para área externa que pode ser o que você procurava, confira!!

Porcelanato para parede;

Porcelanato Retificado;

Porcelanato para cozinha;

Porcelanato Junta Seca;

Porcelanato Extra Fino e;

Porcelanato Acetinado;

Confira e saiba tudo sobre cada tipo.

Piso para área Externa
Piso para área Externa




Piso Porcelanato
Piso para área Externa
Piso Porcelanato
Piso para área Externa
Piso Porcelanato
Piso para área Externa

Porcelanato Liquido

É um piso para área externa monolítico feito a partir de uma resina e por ter uma composição diferente da natural, leva esse nome.




Outra característica é o brilho intenso e que da força ao nome porcelanato líquido.

Feita com resina, um componente de endurecimento e um autonivelante. O Porcelanato líquido usa, por exemplo, o epóxi e a resina de poliuretano.

O ReeDecore publicará um artigo completo sobre o esse tipo de porcelanato

Piso para área Externa
Piso para área Externa
Porcelanato Liquido
Piso para área Externa
Porcelanato Liquido
Piso para área Externa
Porcelanato Liquido
Piso para área Externa

Piso de Tijolinho

Os tijolinhos de demolição são melhores recomendados em paredes, haja vista que possui uma resistência muito mais baixa em relação a outros modelos de piso para área externa.

Ainda sim recomendamos o seu uso em apanas uma das paredes do ambiente, o que dará aquele ar rústico e aconchegante.

Piso para área Externa
Piso para área Externa
Piso de Tijolinho
Piso para área Externa
Piso de Tijolinho
Piso para área Externa

Piso Drenante

Esse modelo de piso para área externa tem duas funções básicas: Deixar o ambiente lindo e ao mesmo tempo permeabilizá-lo.




Muitos municípios tem leis específicas sobre a permeabilização no projeto de construção ou reforma afim de que seja aprovado.

Diante desse contexto, esse modelo de piso para área externa, é um modelo consideração ecologicamente correto.

Podendo ser fabricado em várias cores, é um modelo muito atrativo em áreas externas.

Com um grau de 97% de permeabilidade, resistência a veículos, antiderrapante e atérmico, é a escolha certa em garages.

Por ser um piso com um sistema drenante, ele além de respeitar o solo e a natureza, é um piso que fica esteticamente lindo e muito funcional.

Piso para área Externa
Piso para área Externa
Piso Drenante
Piso para área Externa
Piso Drenante
Piso para área Externa
Piso Drenante
piso para área externa